Muito mais informações online para você

domingo, 23 de agosto de 2015

Sampaio desbanca o líder vitória com garra e conquista uma vaga no Grupo dos 4, confira

Capitão Diones comemora o gol que deu a vitória ao Sampaio (Foto: Elias Auê)

Com direito a um final estraçalha nervos, o Sampaio bateu o líder Vitória, em jogo de alta voltagem no Castelão, e manteve a sua série invicta de casa, além de garantir um lugar no G4. Um passo fundamental nessa longa caminhada na Série B.

Foram três minutos de sustos, para ambos os lados, em prenúncio da partida tensa que se desenhava. Edgar quase marca logo no início. A defesa baiana se safou por um triz. Eles responderam na sequência, mas a retaguarda Tricolor estava atenta.

Jogo de detalhes. Ninguém podia piscar. Salino arriscou uma bomba de fora da área. Passou com perigo. O Sampaio jogava com imposição, mostrava respeito em seus domínios, e deixava bem claro: queria os três pontos.

Daniel tentou cruzar, a defesa travou, ele recuperou a bola, que sobrou para Pimentinha, e uma cena corriqueira se repetiu. Cruzamento na área, cabeçada de Diones. Sem chances. O capitão colocou a Bolívia Querida na frente.

O tabuleiro de erro mínimo era exigido o tempo todo. Perigosa, a equipe do Vitória buscava a igualdade na base das bolas traiçoeiras de Jorge Wagner, que tentava de fora da área e até de escanteio. Partida perigosa.

Mas o placar do primeiro tempo ficou com a vantagem Tricolor. Era preciso ajustar alguns detalhes para batalhar nos 45 minutos finais.

A última etapa do duelo começou a mil. O Vitória não lidera a competição por acaso, e pressionou nos minutos iniciais. Sangre frio, o Sampaio suportava o abafa e escapava em velocidade para o ataque.

Simões acertou um chutaço, mas o goleiro baiano espalmou e livrou o rubro-negro de levar o segundo gol. O jogo esquentou de vez, e a torcida, também. Ainda faltava meia hora. Tinha muita guerra pela frente.

A partida crescia em tensão. A torcida entendeu o momento e carregou o time, que se desdobrava dentro de campo, contra um adversário peso-pesado.

A pressão só aumentava. Bolas na área, escanteios, faltas. Um vasto repertório baiano em busca do empate, mas o Sampaio mantinha-se firme, num jogo de muita entrega e superação.

Os minutos finais mostraram um Sampaio maduro, transferindo a pressão para o lado contrário, sem deixar que o Vitória ocupasse o campo de ataque. Foi assim até o apito final, com Jheimy quase guardando o segundo gol. Mas a parada já estava definida. Triunfo Tricolor.

O returno começou bem. Foi um passo importante para a construção de um sonho. A estrada ainda é longa, mas o Sampaio deu o seu recado: Nós podemos!

Ficha Tricolor:
Rodrigo, Daniel Damião, Plínio, Luiz Otávio e Wilian Simões; Dê, Salino e Dione; Edgar (Raí), Pimentinha (Léo Rodrigues) e Douglas (Jheimy).

Do JP
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Recent Posts

Unordered List

Text Widget

VISUALIZAÇÕES

Vídeos

Loading...

Pesquisar

Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

Seguidores

Text Widget

Copyright © BuritiNet | Powered by Blogger Design by PWT | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com | Distributed By Blogger Templates20